19 outubro 2009

É muita magia

A minha vida anda uma coisa sem explicação. Os últimos tempos têm sido demais em matéria de coisas estranhas a acontecer-me. Está bem que podem ser coisinhas da vida, dias maus e afins, mas por amor à santa lá de cima, já chega.
Então vai uma gaja de Lisboa ao Porto para apreciar as modas, até porque nunca tinha feito o Portugal Fashion. Chega lá e todo um mundo de estranhezas a acontecer: Bloqueei um telemóvel que não é meu. O carregador do portátil deixou de funcionar na tarde de maior confusão e trabalho. Senti-me mal, mas mal a sério com uma enxaqueca que me tirou todas as forcinhas e mais algumas. Vomitei tudo o que havia para vomitar. Hospedada num cinco estrelas, nem uma alminha para ir buscar as minhas malas ao carro. Aspirinhas?? Benurons?? Não devem saber o que é isso lá prós lados da Rua de Serralves. Aliás, saber até sabem, "mas acabou ontem".
Quando já me ria disto, dou comigo de caneta e bloco na mão. Tudo porque o avanço das novas tecnologias ainda não permite que elas não avariem. E lá se foram dois dias de trabalho para o bilhar grande. Ficamos por aqui? Ora essa, gaja que é gaja, aguenta muito mais. Ainda falta um dia para ir embora, por isso nada melhor do que me assaltarem o carro. O carro que até nem é meu... Muito bom!!! Se isto não é uma praga bem rogada, alguém que defina o que é. Eu não estou a conseguir.
Ai são pragas?? Pois que sejam!! E quem as roga que saiba que eu tou aqui para elas. Já estou como a outro: "tenho 26 anos e muita magia". Tudo isto não me derruba. Sei que sou forte o suficiente para combater as más energias. E até agradeço. Afinal, no meio de tanta coisa, fico sempre a saber com quem posso contar. Já tive essa prova em Lisboa e durante os últimos quatro dias, fiquei a saber que as pessoas do Porto (que eu já tinha em boa conta), afinal são ainda melhores. E não só. A revelação veio da pessoa que passa os dias na sala quase ao lado da minha- E isso deixou-me contente.
Mais. Se realmente são pragas, se andam por aí alminhas a quem a minha pessoa provoca comichão, então tomem lá: três pares de botas, uns sapatos e umas sandálias. Três vestidos. Dois coletes. Um casaco. Três camisolas. Três vestidos. Um relógio. E acho que me estou a esquecer de alguma coisa. Muito bem, foi este o resultado de mais uma visita minha ao norte e de uma visita da minha tia a Portugal durante os mesmos dias. Tudo isto para passear pelos dias e pelas noites que tenho à minha frente. Porque eu tenho mesmo muita magia. Porque o mundo também é meu! Porque o sol também nasce para mim! Porque eu vivo bem comigo e, acima de tudo, posso com o bem dos outros como se fosse o meu próprio bem. Más energias? Venham elas!! A minha força e a minha positividade estarão sempre aqui. Para mim. Para o que vier. Para quem vier!!

1 comentário:

Pips disse...

Eu também vou estar sempre aqui, com dose extra de positividade e boas vibes. É oferta...na compra de 1 média vem um pão de alho e EU! :)