31 outubro 2011

Ao cuidado de quem manda nos ponteiros do relógio

Será que podem fazer com que esta semana passe devagar. De-va-ga-ri-nhoo.

28 outubro 2011

Percebes que a tua vida pode mudar...


Quando dás especial atenção ao PSI20

27 outubro 2011

25 outubro 2011

Ou estou louca... ou acho mesmo que não tenho mais nada para fazer



Depois de me ter dado na cabeça para voltar a estudar, depois de me ter inscrito na faculdade outra vez... depois de ter desembolsado este mundo e o outro em forma de euros... e agora que ainda nem a meio desta etapa cheguei, vai que ando com o bichinho de não parar por aqui e já ando a ver o que é que há por aí que me possa interessar... inscrever... quando terminar aquilo que estou a fazer. Definitivamente o que custa é começar... e depois, agora, as noites até estão frias e chuvosas e os sábados são uma seca... e o homem lembrou-se que aquele país cujo nome termina em -ão é ali pertinho e toca de lá ir fazer um trabalho.

18 outubro 2011

Nossa, assim você mi mata...


Com um calorzinho tão bom e tu trazes-me esta coisinha linda, quentinha e fofinha. Pronto, isto faz-me pedir inverno, pois claro!

13 outubro 2011

Eu sei, eu sei


Dizem-me os astros: "Poderá ter problemas em conciliar as horas de sono". E pois que dizem muito bem! Mas quem me mandou a mim armar em esperta e achar que é fácil conciliar um dia inteiro de trabalho com aulas em pós laboral que só terminam quando um novo dia se anuncia no calendário?!

10 outubro 2011

07 outubro 2011

Cansei



Tenho saudades dos tempos das Modas antigas. Hoje, cansam-me as meninas que passaram os últimos dias a escolher coordenados e sapatos mais altos, de forma a conseguir fazer a diferença e, quiçá, mudar o mundo, para depois, na altura, vai-se a ver e vão todas vestidas de igual, onde até o penteado é tábua rasa um do outro. Cansam-me os cabelos soltos, só porque estão mais curtos, como se tivessem sido cortados em série, pela mesma linha de fábrica; cansam-me os apanhados com torniquetes, ou lá o que é aquilo. E aqui me questiono: é tendência o cabelo apanhado que eu uso em casa, quando nada me apetece e tudo tenho de arrumar e limpar? Cansam-me as montras e o querer ser, perdão... aparecer. Cansam-me as faltas de cuidado e as personagens que dão primazia ao estilo e se esquecem de que debaixo de uma roupinha linda e maravilhosa, é obrigatório um desodorizante que afaste maus odores e manchas de zonas do corpo onde elas não precisam mesmo de aparecer. E depois, onde estão os papás e as mamãs que deixam miúdas e miúdos, cuja idade não lhes permite conduzir um carro, irem desfilar modelitos justos e ousados, que lhes acrescentam algarismos à idade, ali, bem perto dos olhares dos mais alheios? O que fazem ali gaiatas e gaiatos que vibram mais ao avistar a pipoca mais doce na sua versão original do que com os conteúdos de qualquer coleção apresentada na passerelle? O que estão ali a fazer miúdos menores de idade, armados em fashion bloggers, que deveriam era estar em casa a estudar o novo acordo ortográfico ou a diferença entre o acontecimento que marca a data do 5 de Outubro e a diferença que impôs o 25 de Abril? E é com isto e com estes que vamos mais além? E é por isto, e por estes, que ficamos mais conhecidos e/ou aparecidos no mundo tendencioso lá de fora?

E ainda só passou um dia...