25 maio 2010

Olá, vizinho!


No meu prédio há um correio da manhã, uma porteira borda d´água, curandeira, boleira, abelhuda, choramingas (porque eu nunca lhe dei a chave de casa, para os senhores cá virem ler os contadores da água) e que me pede para lhe tocar à campainha três vezes, sempre que regressar de viagem... e nunca sair sem lhe dizer, "para ficar de olho na sua casa", diz. Mas eu esqueço-me sempre de avisar... e de tocar à campainha no regresso, embora ela faça (sempre) questão de me "avisar" quando se vai ausentar, "para o caso de precisar de alguma coisa". No meu prédio moram estudantes universitários, desempregados e reformados. Há brancos e negros, só não sei se são de Angola, Moçambique, Guiné ou de Cabo Verde. Ao meu lado, no frente e no direito, moram dois casais com a nacionalidade brasileira em comum. Um deles todos os dias chama "ámooohh" à mulher, no final do banho (as coisas que eu ouço), e passam os sábados e domingos a ouvir forró; os outros, têm um filho de três anos, coisa mai linda, que me chama txitxia e a quem eu ofereço chocolates. no meu prédio não mora aquele vizinho giraço, solteiro ou divorciado, que mora sozinho ou só com o cão, e que deixa as escadas e o elevador perfumado, pela manhã, quando sai para trabalhar... mas isto também não importa nada! O meu prédio tem uma moradora da minha idade, que já cá não mora! mas que quando cá morava, adorava atirar frigideiras pela janela, em noites de folia, e falar com o mundo através da janela da minha cozinha ou de quando em vez, mandar botas, sapatos e a mesa da cozinha pelo elevador. No meu prédio, há vizinhos que não se conhecem, uma senhora que não abre a porta sem lhe dizermos "a palavra-passe" e outra senhora que nos alerta via sms quando nos esquecemos de pagar o condomínio. No meu prédio há novos e velhos, altos e magros, bonitos e feio. E há boas pessoas, que também devem ser más, quando lhes apetece, mas que até hoje (deve ser por estar cá há pouco tempo) ainda não tive o azar, ou a sorte, de descobrir. Enfim, tudo bons vizinhos!

1 comentário:

Pips disse...

Só para que conste: Enquanto não mudar a minha residência, pagar as contas de casa, e receber msgs de aviso de pagamento de condomínio... moro lá.
Queres ver-me longe, é???