04 junho 2012

Efeito boomerang?



Dizem que tão depressa a vida tira, como tão rápido dá. O bem e o mal. A alegria e o sofrimento. Tudo e nada. E depois, é em dias como o de hoje, e em pequenos nadas desta minha existência, que eu consigo ter a certeza de que todas as minhas decisões até ao dia de hoje, foram sempre boas decisões. Sem sombra de dúvidas que sim. E sinto-me bem por dentro. E fico feliz por isto tudo.