27 abril 2011

Sou especialista em bacoradas



Chego a máquina de café do meu local de trabalho e vejo três gajos. Um deles a gesticula como se não houvesse amanhã e os outros dois nem a boca abrem. Viro-me e digo: "então, fez promessa, foi?!" Ninguém me responde, as duas gajas ao meu lado, estão apanhar do ar. Ninguém percebe a boca. Venho embora com o rabo entre as pernas. No caminho de volta, acabo por perceber que trabalho nesta empresa há três anos, vejo aquela alma todos os dias (na máquina do café) e foi preciso um grande shame on me para me aperceber que o homem é surdo-mudo.

2 comentários:

Lugh disse...

Xiiiii! Que mau!!
Mas pronto, acontece!
É por isso que eu falo muitooooo em casa. Durante o dia não comento nada e evito falar com as pessoas. É aquela história dos dois olhos, duas orelhas e apenas uma boca...

Ninhas disse...

Só de pensar...Desato-me a rir sozinha! Miss M no seu melhor!!! Só tu!!!